Este blog não tem fins lucrativos e deve ser citado se suas informações forem utilizadas. Todos os direitos reservados.
(c) All rights reserved.

sábado, 1 de setembro de 2007

Apresentação

Foto: Márcia Tostes e a filha Renata Tostes.

Meu nome é Marcia e pertenço a essa maravilhosa Família Tostes.

Desde quando me interesso por Genealogia?
Desde os 5 anos de idade. Meu tio era um Genealogista nato e ficava sentada, boquiaberta, escutando as estórias/histórias da família. Adorava!

Ele tinha um armário antigo, onde guardava muitos documentos e fotos sobre a família. Todos os dias ele abria aquele armário, limpava e falava sobre cada um. Isso durou até a minha adolescência quando devido aos estudos, me desliguei um pouco.

Nunca me preocupei em anotar nada, pois sabia que todo aquele acêrvo estava ali guardadinho para a posteridade. Foi quando por circunstâncias da vida, após o seu falecimento, todo esse material maravilhoso se perdeu. Fiquei inconsolável. Não tinha mais nenhuma esperança de resgatar minhas raízes. Mas ainda dava um "banzo", quando ao olhar aquelas listas telefônicas antigas, via muitos Tostes e ficava imaginando se seria meu parente.

A vida foi passando e surgiu a Internet. No começo, só por curiosidade comecei a pesquisar um Tostes aqui, outro ali. Começei a me corresponder com alguns. Isso faz uns dez anos. E toda aquela voracidade de descobrir sobre a familia voltou. Comecei a coletar dados, participar de grupos e conheci muitos primos. E fazendo esse trabalho, comprovei o que o meu tio me dizia: "Realmente, todos os Tostes são parentes." Quando não se ligam aqui no Brasil, se ligam em Portugal, onde também estou iniciando um estudo.

Enfim, com a ajuda de muitos primos, consegui esboçar a Árvore Genealógica da Família a partir do primeiro Tostes no Brasil, que foi Antonio Dias Tostes (português), casado com uma brasileira. É fascinante ver como apenas um casal povoou cidades inteiras e espalhou suas sementes por todo esse Brasil e até no exterior.

Bem, aos poucos vou começar a publicar aqui o que consegui durante todos esses anos. Contando sempre com a ajuda dos parentes e dos amigos.

Esse trabalho dedido aos meus filhos Raphael e Renata, aos meus netos Gabriel e Nathália e em particular ao meu tão amado e saudoso tio Abgaro de Campos Dias Tostes , que tanto amou essa família. Uma família que tanta importância teve no Estado de Minas Gerais e outras cidades, outros estados também, ajudando a construir a história do nosso país.

A todos que visitarem esse Blog, será de bom grado comentários e colaborações.

8 comentários:

Angeline Coimbra disse...

Oi Màrcia,

Que bom que vc agora poderá compartilhar na internet tantas informações pesquisadas.

Parabéns pela iniciativa, espero poder ajudar, no que for possível.

Sucesso!

niltostes disse...

Nôssa meninas parabéns...parabéns...amei ver e reler -online- estas informações, bacana!sobre os ancestrais;que emocionante à estória deste Templo Tost na Espanha...fiquei com muita vontade de viajar,hein,vamos fazer uma excursão dos tostes? bjs na alma e aguardo mais histórias genuínas e auspiciosas! Parabéns

sandra disse...

ola..bem eu chamo-me sandra toste =)

sou natural da ilha terceira!

Da minha familia não sei nada...o avo morreu novo...e o resto da familia sei k foi para o basil...de resto não sei mais nada....

bem...acreditem que vou tar agora sempre aqui a ver se descubro nem que seja mais um bocadinho....e caso keiram alguma imformação daqui e logo que possa ajudar sterceira@sapo.pt....tou a disposição!

continuação de um bom blog =)

Marco Valle disse...

Gostaria de trocar informações sobre esta família. Há mais de dois anos venho pesquisando os Tostes da Zona da Mata Mineira e região. Devido a minha profissão me proporcionar viajens à trabalho, aproveito os momentos de folga para pesquisar alguma cidade por onde estou passando. Recentemente, estive na região de Barbacena e dei uma chegada no Arquivo Histórico; aproveitei, então, para pesquisar alguns inventários desta família. Estou transcrevendo alguns, porém necessito de ajuda para continuar esta tarefa. Estariam dispostos a ajudar? Posso enviar cópias pelo Correio ou E-mail! No momento estou melhorando a qualidades dos arquivos digitais que possuo. Ah! em Barbacena me permitiram fotografar os inventários, assim como, na cidade de Mariana.

Att. Marco Antonio F. Valle
E-mail alternativo: mvalle.jfa@ibest.com.br
Tel. (31)3335-0763/9638-2008.

Cinara Maria disse...

Oi Márcia,
Parabens pela iniciativa. Também faço a genealogia da minha família que, por incrível que pareça, se liga à sua. Acontece que descobri que minha trisavó foi escrava de Dona Candinha - Cândida Maria Carlota - e esta sua grande parenta deixou ordens em testamento para que minha trisavó e seus dois filhos ficassem livres quando acontecesse seu falecimento. A história é linda, mas não tenho muito acesso a documentos. Fico pensando se minha trisavó não seria filha de alguma outra escrava da família Tostes. Bem, o que eu gostaria de saber é se você tem alguma idéia de onde posso ver documentos de Dona Candinha. Meu e-mail é rocijorge@uol.com.br. Meu nome é Cinara Jorge e sou de Três Rios/RJ

Claudio Tostes disse...

Minha prima querida,
Gostei do seu ânimo na confecção deste texto. Estou ávido por mais notícias.
Um beijo bem grande e não desista nunca!

ANGEL Tostes disse...

Oi Márcia,
Com o falecimento de Dorival Caymmi, sugiro que poste a ascendência de Adelaide Tostes... Muita gente não sabe q os Caymmi tem pelo lado materno o sangue dos Tostes...

RENATA disse...

Olá, eu sou Renata Tostes, Rio de Janeiro. Mas meu avô Grimaldo Tostes era de Minas.
Adorei este blog. bjs

Ruínas da Igreja de Sant Martí de Tost

Ruínas da Igreja de Sant Martí de Tost
Fonte: Página do Grupo da Família Tostes - http://br.groups.yahoo.com/group/familia_tostes/

Cadastre-se no Grupo Família Tostes no Yahoo!

Assinar familia_tostes

Desenvolvido por br.groups.yahoo.com